Disciplinas

Esta disciplina apresenta, através de uma perspectiva histórico-comparativa, o debate atual sobre as transformações tecnológicas em curso no nível internacional e suas implicações, tanto para países desenvolvidos como para países latino-americanos. Analisa o desenvolvimento científico e tecnológico desde a primeira Revolução Industrial até os dias de hoje, procurando discutir as relações entre ciência, tecnologia e sociedade.

Créditos: 4

A emergência da ciência moderna e seu processo de institucionalização. As características da prática científica e do conhecimento produzido pelas ciências. A disputa pela demarcação de fronteiras entre conhecimento científico e outros modos de conhecer e explicar o mundo. Relações e dissensões entre saberes tradicionais e saberes científicos.

Créditos: 3

Fundamentos de estudo e campos de aplicação da Geologia. Componentes do Sistema Terra e esferas terrestres (geosfera, atmosfera, hidrosfera, biosfera e esfera social). Tempo geológico, materiais terrestres e Tectônica de Placas. O Homem como agente geológico; situações de risco geológico. Atividades práticas de campo para reconhecimento de processos naturais e da interações destes com a ação humana. Representação e tratamento de informação geológica. Aprendizagem ativa e uso de recursos educacionais em Geociências. Atuação profissional e educacional em Ciências da Terra. Práticas de laboratório e trabalho de campo.

Créditos: 4

Definição do objeto da Geografia. Fundamentos teórico-metodológicos para análise do espaço geográfico. Distinção entre espaço natural e espaço geográfico. Técnica e política: as sucessivas transformações do meio geográfico. O processo de planetarização do espaço geográfico. Compartimentação do espaço e indissociabilidade das relações entre lugar, região, território e mundo no atual período histórico. Recontextualização dos conceitos e conteúdos da geografia humana desenvolvidos no processo de escolarização e na universidade.

Créditos: 4

Introdução à Cartografia. Princípios de Geodésia. Escalas. Sistemas de Coordenadas. Projeções Cartográficas. Sistema Cartográfico Nacional (SCN). Uso de Cartas, Mapas e Plantas em Ciências da Terra. Sistema de Posicionamento Global (GPS). Elementos de Topografia. Cartografia Digital. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

Conceitos básicos de Geografia Física. O estrato geográfico e a superfície da Terra como unidade geográfica. Análise e dinâmica dos sistemas geomorfológico, pedológico, climático e hidrográfico. Grandes domínios naturais da Terra. Recontextualização dos conceitos e conteúdos de geografia física desenvolvidos no processo de escolarização e na universidade. Geografia Física e Educação Ambiental no currículo escolar, aproximações, diferenças e disputas. Atividades de campo como práticas contextualizadoras de conhecimentos de geografia física.

Créditos: 4

Conceitos básicos de geologia. Origem do universo e origem do Sistema Solar. Estrutura e composição da Terra. Dinâmica interna do planeta Terra e a tectônica de placas. Materiais terrestres: rochas e minerais. O registro geológico e a escala do tempo geológico. Noções dos processos de interações entre os sistemas terrestres (litosfera, hidrosfera, biosfera, atmosfera e antroposfera). Mapas geológicos e noções básicas de trabalhos de campo em geologia. Sistema Terra e a humanidade.

Créditos: 4

Definição, histórico e evolução do sensoriamento remoto. Princípios físicos do sensoriamento remoto. O espectro eletromagnético. Características espectrais de materiais naturais e artificiais. Introdução à espectroscopia de reflectância e interpretação de curvas de reflectância espectral. Sistemas sensores. Camêras aerofotogramétricas e fotografias aéreas. Princípios de estereoscopia e interpretação estereoscópica. Princípios de interpretação de fotografias aéreas.

Créditos: 2

Métodos de investigação e Aplicações da Geologia. Processos geológicos e a interação das esferas terrestres. Ambientes de formação de rochas na Geosfera e suas interações com as demais esferas (atmosfera, hidrosfera, biosfera e esfera social). O Homem como agente geológico; situações de risco geológico. Atividades práticas de campo para reconhecimento de processos naturais e das interações destes com a ação humana. Mapas, perfis e modelos em Geologia. Atuação profissional e educacional em Ciências da Terra. Aprendizagem ativa e uso de recursos educacionais em Geociências. Práticas de laboratório e trabalho de campo.

Créditos: 4

Elementos de economia. Análise do surgimento e da evolução da Economia Política como ramo do conhecimento científico. As principais escolas do pensamento econômico e suas respectivas contribuições ao entendimento do mundo em que vivemos. Disciplinas propedêuticas para o estudo da Economia dos Recursos Naturais.

Créditos: 3

Treinamento de campo para entendimento das feições do terreno, dentro de uma visão holística, observando-se as interações de rocha X solo X clima X hidrografia X ocupação humana.

Créditos: 6

Treinamento para executar autonomamente projetos geológicos específicos técnicos ou científicos, procurando aplicar os conhecimentos adquiridos em disciplinas do curso, em escala de detalhe ou regional.

Créditos: 12

Atividades de estágio que propiciem ao profissional em formação o contato com experiências, práticas e conhecimentos próprios ao campo profissional.

Créditos: 4

Atividades de estágio que propiciem ao profissional em formação o contato com experiências, práticas e conhecimentos próprios ao campo profissional.

Créditos: 4

Introdução à abordagem científica relacionada à pesquisa de Geologia. Teorias e hipóteses. Levantamentos de dados. Aplicação de técnicas de pesquisa. Análise de resultados. Elaboração de relatórios de pesquisa e outras formas de divulgação.

Créditos: 4

Introdução à abordagem científica relacionada à pesquisa de Geologia. Teorias e hipóteses. Levantamentos de dados. Aplicação de técnicas de pesquisa. Análise de resultados. Elaboração de relatórios de pesquisa e outras formas de divulgação.

Créditos: 4

Atividades de estágio que propiciem ao profissional em formação o contato com experiências, práticas e conhecimentos próprios ao campo profissional, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na área de Geologia. O estágio deve ser realizado junto a empresas credenciadas pela Coordenadoria de Graduação do Instituto de Geociências e pelo Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) da UNICAMP.

Créditos: 8

A evolução do pensamento geoquímico versus desenvolvimento das técnicas analíticas. Tipos de amostras e elementos analisados. A interação da radiação eletromagnética com a matéria. Principais técnicas analíticas utilizadas em litogeoquímica, geoquímica ambiental e isotópica. Práticas de coleta de amostras no campo, preparação de amostras, uso de equipamentos e controle de qualidade.

Créditos: 4

A ementa desta disciplina será definida por ocasião de seu oferecimento.

Créditos: 2

A ementa desta disciplina será definida por ocasião de seu oferecimento.

Créditos: 2

Definição, histórico e evolução do sensoriamento remoto. Princípios físicos do sensoriamento remoto. O espectro eletromagnético. Características espectrais de materiais naturais e artificiais. Introdução à espectroscopia de reflectância e interpretação de curvas de reflectância espectral. Sistemas sensores. Camêras aerofotogramétricas e fotografias aéreas. Princípios de estereoscopia e interpretação estereoscópica. Princípios de interpretação de fotografias aéreas.

Créditos: 4

Minerais: conceito, classificação, abundância e ambientes de formação. Cristalo-química. Ligações químicas, número de coordenação e poliedro de coordenação. Substituições iônicas: soluções sólidas, isomorfismo e polimorfismo. Composição química, estrutura cristalina e radiação eletromagnética. Propriedades mecânicas: clivagem, fratura, dureza, traço, hábito e densidade. Propriedades óticas (cor, brilho, luminescência), magnéticas e radiotividade. Cristalografia: cela unitária, retículo cristalino, elementos de simetria, sistemas e classes de simetria. Estruturas cristalinas dos minerais.

Créditos: 4

Introduzir o aluno no conhecimento e estudo dos fósseis, bem como nos ambientes onde eles ocorrem. Noções básicas de reconhecimento dos principais filos de invertebrados, vertebrados e vegetais encontrados no registro em nível mundial e no Brasil, que auxiliem a Geologia, tanto na interpretação de idade quanto nos aspectos do meio abiótico (paleocologia, paleoclimatologia, etc.). Dar bases para estudos micropaleontológicos e bioestratigráficos, além de treinar os alunos na coleta e interpretação dos fósseis no campo.

Créditos: 4

Princípios de Mineralogia Ótica: Propriedades da luz: polarização, isotropia e anisotropia. O microscópio petrográfico. Propriedades óticas dos minerais sob luz natural e polarizada ao microscópio petrográfico: minerais isotrópicos e anisotrópicos (uniaxiais e biaxiais). Estudo das classes minerais em microscópio petrográfico. Outros métodos analíticos em Mineralogia: Difratometria de raios X, Microscopia Eletrônica de Varredura e Geoquímica Isotópica.

Créditos: 4

Princípios de Geometria Espacial e Descritiva e Aplicações em Geologia. Fundamentos de projeção estereográfica e exercícios práticos de análise de estruturas planares e lineares. Representação espacial de camadas e feições lineares por métodos gráficos e analíticos. Uso de ábacos. Mergulho real e aparente de camadas, profundidade e espessura: real e aparente. Mapas topográficos, geológicos e estruturais. Leitura e análise de mapas geológicos. Construção de perfis geológicos. Exercícios práticos de interpretação de mapas temáticos.

Créditos: 4

Estudo dos componentes físicos, químicos e biológicos dos depósitos sedimentares (recentes e antigos), visando à identificação de estruturas, texturas, evidências genéticas e do arranjo espacial, para compreensão da geometria e dinâmica dos corpos estratiformes.

Créditos: 4

Desenvolvimento histórico da Geoquímica. Abundância cósmica dos elementos, estrutura e composição da geosfera. Química da hidrosfera e atmosfera. A biosfera e os depósitos biogênicos. Conceitos básicos de geoquímica superficial aplicáveis ao entendimento da formação de solos e dos depósitos lateríticos. Paisagens geoquímicas, processos naturais e antrópicos. Aplicações de geoquímica em exploração mineral e em estudos ambientais.

Créditos: 4

Identificação de minerais, estruturas e texturas de rochas ígneas. Fundamentos da geoquímica de elementos maiores, traços e de isótopos. Classificações das rochas ígneas. Estudo do equilíbrio de fases. Ambientes tectônicos de formação das rochas ígneas. Trabalho de campo para visita a afloramentos de rochas ígneas.

Créditos: 6

Introdução aos sistemas de sensoriamento remoto orbital multiespectral, hiperespectral e de radar. Interpretação de imagens orbitais pancromáticas, multiespectrais e de radar. Introdução ao processamento digital de imagens de sensoriamento remoto. Aplicações do sensoriamento remoto aéreo e orbital em mapeamento geológico-estrutural, geomorfologia e no estudo do uso e ocupação do solo.

Créditos: 6

Treinamento de campo em mapeamento geológico de sucessões sedimentares em bacias não deformadas. Elaboração de mapas, perfis estratigráficos, seções geológicas e relatórios.

Créditos: 12

A evolução do conceito de sustentabilidade e suas implicações para a regulação das atividades econômicas de exploração de recursos naturais, com foco em energia e mineração. Gestão e governança sustentáveis das empresas e instituições nesses setores. Papel da inovação como vetor de desenvolvimento sustentável na exploração de recursos naturais.

Créditos: 2

Estudo de descrição e classificação das rochas sedimentares. Análise dos processos que geram as rochas sedimentares através da textura, das estruturas sedimentares e das geometrias das camadas. Conceitos básicos de análise de fácies. Atividade prática no campo de análise sedimentológica.

Créditos: 6

Importância dos recursos minerais e energéticos no contexto da economia brasileira e mundial. Escassez de recursos minerais e energéticos, regras de exaustão, produção e consumo de bens minerais, preços e mercados de bens minerais. A pauta brasileira de exportação versus importação. Dotação mineral e desenvolvimento econômico.

Créditos: 2

Princípios e mecanismos de deformação das rochas. Categoriais de análise estrutural: descritiva, cinemática e dinâmica. Arranjos estruturais: acamamento, foliação, lineação, dobras, dobramentos e superpostos, transposição, juntas e fraturas, falhas, zonas de cisalhamento, associações estruturais. Níveis estruturais. Relações entre metamorfismo e deformação; Princípios de microtectônica. Exercícios geométricos, projeção estereográfica, análise estatística de dados estruturais, perfis geológico-estruturais complexos. Trabalhos de campo e elaboração de relatórios.

Créditos: 6

Classificação das rochas metamórficas em escalas macroscópicas e microscópicas. Tipos de metamorfismo e seus ambientes tectônicos. Mineralogia e texturas típicas; relações texturais entre minerais; significado das texturas; reações metamórficas. Fatores condicionantes de metamorfismo e conceito de fácies metamórfica. Análise de gráficos de composições químicas dos minerais e rochas e paragêneses metamórficas. Papel de rochas metamórficas na evolução crustal. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 6

Abordagem histórica e comparativa da evolução das principais teorias de administração e gestão organizacional e suas relações com o pensamento econômico e sociológico.

Créditos: 3

Geofísica geral e aplicada. Aplicações de métodos geofísicos em mapeamento geológico, determinação de feições tectono-estruturais, prospecção mineral, hidrogeologia e estudos ambientais.

Créditos: 4

Estudo da organização geométrica das rochas sedimentares e de baixo grau metamórfico da crosta terrestre. Análise dos princípios e métodos da lito-, bio- e cronoestratigrafia, da arquitetura deposicional e da Estratigrafia de Sequências aplicadas aos principais sistemas deposicionais. Análise de bacias e relações entre tectônica e sedimentação. Aplicação em campo de todos os métodos estratigráficos.

Créditos: 6

Estudo da ordem cronológica dos principais eventos geológicos que afetaram a evolução do planeta, suas causas e reflexos na paleogeografia, com ênfase para os fenômenos que ocorreram no território brasileiro. Trabalho de campo para conhecer exposições de unidades rochosas que refletem a evolução geológica do território brasileiro.

Créditos: 6

Princípios de interpretação geológica de fotografias aéreas. Introdução aos sistemas de sensoriamento remoto orbital multiespectral, hiperespectral e de radar. Interpretação de imagens orbitais pancromáticas, multiespectrais e de radar. Introdução ao processamento digital de imagens de sensoriamento remoto. Aplicações do sensoriamento remoto aéreo e orbital em mapeamento geológico-estrutural, geomorfologia e no estudo do uso e ocupação do solo.

Créditos: 6

Treinamento de campo em mapeamento geológico de terrenos com ocorrência de rochas ígneas e metamórficas. Elaboração de mapas e relatórios.

Créditos: 12

A disciplina aborda aspectos básicos da dinâmica da Geologia de hidrocarbonetos com ênfase nas jazidas petrolíferas, envolvendo a produção e a acumulação de matéria orgânica, as rochas geradoras, migração, as rochas-reservatório, armadilhas (trapas) e a distribuição das reservas e recursos. São abordados aspectos relativos a caracterização, cálculo e armazenamento em reservatórios naturais. Tópicos relativos à locação, perfuração, instalação, completação, explotação, manutenção e monitoramento de poços também serão abordados no curso.

Créditos: 4

O Renascimento e seu impacto na cosmovisão: a releitura do mundo natural. A Revolução Científica e o nascimento da ciência moderna: a Filosofia Natural, a História Natural e a especialização das disciplinas científicas. A 1a. Revolução Industrial, o Naturalismo científico e os viajantes. Colecionismo, Gabinetes e Museus. O processo de institucionalização e profissionalização das ciências naturais com ênfase no Brasil e América Latina.

Créditos: 2

Tectônica de Placas e Tectônica Global. Estudo e caracterização de ambientes geológico-tectônicos. Regimes tectônicos, regime convergente e cinturões de cavalgamento, regime transcorrente e cinturões transcorrentes, regime distensivo e cinturões distensivos, regime intraplaca. Análise de ambientes tectônicos principais no Brasil, América do Sul e África. Neotectônica. Trabalho de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 6

O curso tem como objetivos principais apresentar: (1) os processos magmáticos, hidrotermais, sedimentares, metamórficos e supergênicos que atuam na concentração de metais e formação de depósitos minerais na crosta terrestre; (2) o arcabouço geológico e as características fundamentais de várias classes de depósitos minerais, enquadrando-os nos seus respectivos ambientes tectônicos; (3) os controles de formação de um determinado depósito mineral e implicações na sua exploração; e (4) as províncias metalogenéticas do Brasil e seus depósitos minerais. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

Elementos essenciais de um SIG. Dados espaciais. Projeção de mapas. Captura de dados para SIG. Aquisição, estrutura e análise de dados espaciais. Funções de SIG. Uso de GRASS, IDRISI, ARCINFO.

Créditos: 4

A disciplina visa apresentar os fundamentos da dinâmica das águas subterrâneas, seus princípios, e hidroquímica, visando fazer com que o aluno adquira o conhecimento hidrogeológico, com prática e exercícios. Temas: Ciclo hidrológico; Balanço hídrico, tipos de aquíferos, aquíferos sedimentares e fraturados, parâmetros hidrodinâmicos (porosidade; lei de Darcy; condutividade hidráulica; transmissividade; armazenamento e coeficiente de armazenamento); Potenciometria; Obras de captação; Hidráulica de poços; Hidrogeoquímica e qualidade, contaminação e transporte de massa, hidrogeologia do Brasil; Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

Constituição, classificação e propriedades dos solos. Compressibilidade e adensamento, Resistência ao cisalhamento e empuxos da terra. Permeabilidade. Propriedades Mecânicas das Rochas. Ensaios de Campo e Laboratório em solos e rocha. Taludes, fundações e aberturas subterrâneas. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

Estudo das técnicas aplicadas à exploração regional, prospecção, pesquisa e avaliação de recursos minerais. Métodos diretos e indiretos utilizados nas fases de busca a avaliação de jazidas minerais. Discussão das ferramentas quantitativas para estimativa e avaliação de reserva. Análise de custos e otimização de campanhas exploratórias de recursos minerais. Aspectos ambientais relacionados à exploração mineral. Impacto da legislação mineral nas atividades de exploração e produção. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 6

Gestão, supervisão, orientação técnica sobre geologia ambiental. Coleta de dados, planejamento e projeto geológicos do curso e ocupação do solo urbano. Estudo e recuperação ambiental de solos e águas subterrâneas, contaminadas, implantação de aterros de resíduos sólidos e avaliação de impactos ambientais, risco geológico (erosão, inundações, instabilidade de encostas). Cartas geotécnica, planejamento do uso racional de recursos minerais hídricos. Trabalhos de campo e elaboração de relatório referente a casos de tratamento de resíduos, levantamento de contaminação e risco geológico.

Créditos: 4

Conhecimentos sobre os problemas geológicos que afetam as obras de engenharia civil, incluindo o uso de materiais de construção, instabilidade de taludes, erosão e assoreamento. Obras viárias, fundações, barragens, túneis e outras obras subterrâneas, desmonte de rochas. Técnicas de cartografia geotécnica. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

Treinamento de campo em levantamentos básicos do meio físico, utilizando e integrando os conhecimentos adquiridos em várias disciplinas do curso e objetivando a aplicação dos resultados em mapeamentos geológico, metalogênese e prospecção; planejamento do uso e ocupação do solo, manejo de bacias hidrográficas, planejamento urbano e gestão ambiental, entre outras aplicações.

Créditos: 12

Introdução à abordagem científica relacionada à pesquisa de Geografia. Teorias e hipóteses. Levantamentos de dados. Aplicação de técnicas de pesquisa. Análise de resultados. Elaboração de relatórios de pesquisa e outras formas de divulgação.

Créditos: 6

Atividades de estágio que propiciem ao profissional em formação o contato com experiências, práticas e conhecimentos próprios ao campo profissional.

Créditos: 4

Atividades de estágio que propiciem ao profissional em formação o contato com experiências, práticas e conhecimentos próprios ao campo profissional.

Créditos: 4

Debate sobre as teorias dos Movimentos Sociais. Formas de organização dos Movimentos Urbanos e Rurais. Autonomia, organizações locais, nacionais e internacionais. Movimentos libertários: feministas, ecologistas e estudantis. Organizações não governamentais.

Créditos: 4

A ementa desta disciplina será definida por ocasião de seu oferecimento.

Créditos: 4

A ementa desta disciplina será definida por ocasião de seu oferecimento.

Créditos: 4

A ementa desta disciplina será definida por ocasião de seu oferecimento.

Créditos: 4

Fornecer instrumental conceitual básico da Economia Política do Território. Para tanto, elencamos os seguintes pontos: o espaço geográfico como condicionante econômico-social; as divisões técnicas, social e territorial do trabalho; centro, periferia e difusão das modernizações; cadeias e circuitos espaciais produtivos; concentração e centralização dos capitais; o território nacional como mediação entre os fluxos globais do capital e as economias regionais; monopólios, oligopólios e alienação dos espaços no Terceiro Mundo.

Créditos: 4

Introdução à Cartografia. Princípios de Geodésia. Escalas. Sistemas de Coordenadas. Projeções Cartográficas. Sistema Cartográfico Nacional (SCN). Uso de Cartas, Mapas e Plantas em Ciências da Terra. Sistema de Posicionamento Global (GPS). Elementos de Topografia. Cartografia Digital. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

O conhecimento geográfico no Mundo Antigo e no Mundo Medieval. Período Renascentista e conhecimento do mundo. Filosofia, Ciência e Geografia dos Modernos. A Institucionalização da Geografia, Estado, colonialismo e conhecimento geográfico. O Pensamento Libertário e a geografia. Determinismo e possibilismo. Difusão das Escolas de Geografia. Renovação da geografia e redefinição do objeto. Geografia Pragmática e planejamento econômico. As geografias radicais. Tendências teórico-metodológicas atuais.

Créditos: 4

1.Sensores remotos fotográficos 2.Sensores remotos orbitais 3.Espectro eletromagnético 4.Comportamento espectral de objetos geográficos 5.Estrutura das imagens orbitais 6.Processamento digital de imagens 7.Classificação digital de imagens 8.Geração de mapas temáticos a partir de imagens classificadas 9.Tópicos especiais de sensoriamento remoto para Geografia.

Créditos: 4

Estudos das formas de relevo, gênese e evolução. Análise das inter-relações: rocha X solo X clima X relevo, com ênfase nos aspectos tectono-estruturais. Unidades morfoestruturais do globo terrestre. Processos endógenos no modelado do relevo. Teorias e técnicas de mapeamento geomorfológico.

Créditos: 4

A disciplina pretende articular fundamentos de Geociências no ensino de Geografia na educação básica, bem como apresentar e desenvolver algumas práticas pedagógicas de geociências que se mostram mais eficazes no ensino. Ademais, serão trabalhadas práticas de ensino em sala de aula com recursos básicos, tecnológicos e audiovisuais, assim como, as práticas de campo como ferramenta de aprendizagem.

Créditos: 6

Os atributos naturais do continente americano enquanto recursos materiais de poder: recursos naturais, biodiversidade, recursos hídricos e energéticos. Os territórios e a formação diferenciada dos estados nacionais. A invenção da América Latina como categoria regional. A geopolítica global e a geopolítica da América Latina. América Latina: industrialização, urbanização e metropolização. A integração regional na América Latina. As geografias dos organismos supranacionais na América Latina. As populações tradicionais do continente americano. Atores extra-regionais na América Latina (EUA, EU e Rússia)

Créditos: 4

Bases epistemológicas. Métodos e conceitos desenvolvidos ao longo da história do pensamento geográfico. Positivismo: determinismo, funcionalismo e estruturalismo. Orientações contemporâneas: positivismo lógico, fenomenologia e marxismo. Materialismo dialético e a Geografia como ciência crítica. O espaço geográfico e a dimensão temporal: forma, processo, estrutura e função no método da Geografia.

Créditos: 4

Análise do processo de formação do Brasil contemporâneo. A inserção do país na divisão internacional do trabalho (1850-1930). Os principais fatores de integração da economia nacional (1870-1950). As mudanças políticas e sociais do período republicano.

Créditos: 3

Fenômenos intervenientes nos fluxos de água. Ciclo hidrológico. Bacia hidrográfica. Precipitação. Interceptação vegetal. Infiltração. Escoamento superficial. Evaporação. Transpiração vegetal. Previsão de enchentes. Propagação de enchentes em reservatórios e canais. Oceanos e mares. Relevo submarino. Movimento das águas oceânicas. Erosão marinha. Problemas ambientais.

Créditos: 4

As Regiões Brasileiras: contrastes e inter-relações. As especificidades regionais: bases físicas, ocupação e produção do espaço.

Créditos: 4

Definição. Geografia Política, geoestratégia e fronteiras. Organização do espaço como instrumento de poder. O Estado Moderno e as políticas territoriais internas e externas. A Geopolítica do período militar brasileiro. Cenário geopolítico mundial contemporâneo.

Créditos: 4

Tempo atmosférico e clima; Distribuição e balanço global de radiação; Composição e estrutura da atmosfera; Atmosfera pretérita e atual; Elementos do clima (temperatura, pressão atmosférica, umidade do ar, precipitações atmosféricas) - definições, unidades de medição, controles de grande escala, representação das suas variações espaço-temporais e suas influências no condicionamento de aspectos físicos e na vida; Gradiente vertical da atmosfera; Nuvens; Circulação geral da atmosfera (convectiva e meridional); Massas de ar, frentes e perturbações atmosféricas. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

História da geografia escolar brasileira; a construção dos conceitos e das categorias geográficas no ensino de geografia; políticas curriculares e geografia escolar; diferentes abordagens pedagógicas no ensino de geografia; qualidade e diversidade do material didático e paradidático no ensino de geografia.

Créditos: 6

A variação das condições climáticas ao longo do tempo e variabilidade atual. Climatologia e abordagem escalar; Metodologias de estudo da climatologia e alterações climáticas em diferentes escalas. Classificação Sinótico-Espacial e a Análise Rítmica; Teorias das mudanças climáticas (a teoria de Milankovitch; mudanças no ciclo do carbono; as variações na espacialização dos continentes e oceanos); A ação antrópica no clima (Poluição atmosférica; camada de ozônio e clima e saúde); As mudanças climáticas na escala local (O Clima no meio urbano; meio rural e desastres naturais). Geopolítica e Clima.

Créditos: 4

Os atributos naturais do continente africano enquanto recursos materiais de poder: recursos naturais, biodiversidade, recursos hídricos e energéticos. Diásporas. Colonialismo, imperialismo e formação dos Estados nacionais pluriétnicos africanos. A presença do continente africano na geopolítica do mundo contemporâneo. Urbanização, industrialização e metropolização no continente africano. As relações África e Brasil ontem e hoje. Os desafios do ensino de geografia da África no ensino básico brasileiro.

Créditos: 4

Atividade agrícola e interdependência com outros setores da economia. Bases fundiárias e sociais: distribuição e tipos de propriedade, de estabelecimentos, de exploração econômica e de relações de trabalho. Bases econômicas do estabelecimento agrícola. A atividade agrícola e a natureza como recurso e restrição. Fatores da produção: terra, trabalho, capital e informação. Comercialização e mercado. Atributos da atividade. Regionalização.

Créditos: 4

A Primeira e Segunda Revolução Industrial: transição para o capitalismo, o nascimento da fábrica, a etapa monopolista do capitalismo e o surgimento das grandes corporações, gênese e difusão do taylorismo e do fordismo. A crise do fordismo e a emergência de um novo paradigma de organização industrial. A divisão internacional do trabalho. Sistemas industriais e organização do espaço: processos de concentração e desconcentração (nível mundial, nacional, regional e local). Política industrial e planejamento espacial: Estado, indústria e meio ambiente.

Créditos: 4

Conceitos básicos, fundamentos e constituição da sociologia. Durkheim, Weber e Marx. Comportamento coletivo. Controle e desvio social. Organização social: estrutura, estratificação e mobilidade social. Grupos e Instituições. Mudança social. Política social. Movimentos sociais.

Créditos: 3

Os recursos naturais como base para o desenvolvimento, a natureza como recurso. Avaliação socioeconômica e balanço entre oferta e demanda de recursos naturais. Recurso natural, meio ambiente e a mediação tecnológica. A gestão dos recursos naturais sob a ótica ambiental.

Créditos: 4

Perspectivas e pressuposições teóricas. Zonas morfoclimáticas do globo. O modelado das regiões quentes e úmidas. O sistema morfogenético e os processos denominantes. O sistema morfoclimático das regiões secas. Os mecanismos e as influências geomorfológicas das oscilações paleoclimáticas no quaternário.

Créditos: 4

Pesquisa, análise e tratamento da informação. Representação cartográfica com temas significativos para o estudo da Terra e as características das variáveis. Formas de representação pontual, linear e zonal, considerando os fenômenos qualitativos, quantitativos, estáticos e dinâmicos. Propriedades perceptivas das variáveis gráficas: execução, leitura e interpretação.

Créditos: 4

O processo de intemperismo nas diferentes regiões do globo terrestre. Fatores e processos de formação do solo. Principais propriedades físicas e químicas dos solos. Classificações taxonômicas e utilitárias dos solos. Cartografia de solos e suas aplicações em Ciências da Terra. Trabalhos de campo e elaboração de relatório.

Créditos: 4

A Climatologia no contexto das ciências atmosféricas e da ciência geográfica. Escalas climáticas. Variação das condições climáticas ao longo do tempo e variabilidade atual. Análise rítmica; Clima e suas relações com saúde, recursos hídricos, energia, agricultura; A ação antrópica no clima (poluição atmosférica, clima urbano, destruição da camada de ozônio estratosférico, etc.); Modelos de previsão de tempo e clima; A climatologia geográfica no planejamento territorial; O papel da mídia; Discussão das mudanças climáticas nos foros políticos; Ensino da climatologia no ensino fundamental e médio.

Créditos: 4

A Região como categoria de análise da Geografia. Sistemas políticos, econômicos e quadros naturais na organização do espaço mundial. A formação contemporânea dos grandes blocos econômicos e geopolíticos no contexto da globalização da economia e mundialização da cultura. Análise téorica e através de estudos de casos das divisões: países capitalistas/países socialistas, centro-periferia, desenvolvimento / subdesenvolvimento, Norte/Sul. Potências econômicas mundiais. Analisar detalhadamente um continente (a escolher) como estudo de caso.

Créditos: 4

O aumento da circulação como um primeiro movimento para a mundialização. Os meios de transportes, a ocupação especial e a circulação de mercadorias e pessoas. Os meios de comunicação e as novas tecnologias de informação.

Créditos: 4

População mundial: história e espaço geográfico. Teoria da transição democrática. Fontes de dados. Movimentos migratórios e mobilidade populacional. Natalidade, mortalidade, crescimento natural e vegetativo. Composição e técnicas de mensuração: etária, por sexo, étnica e estudos de PEA. Medidas de densidade e distribuição populacional. Processos de projeção populacional e tendências de mobilidade. Desigualdades regionais e o Planejamento. Estudos de caso.

Créditos: 4

Definição e evolução do fenômeno urbano. As cidades: os sítios, o crescimento horizontal e vertical, a estrutura urbana, as áreas funcionais, o sistema viário e a circulação. A interdisciplinaridade dos estudos urbanos. Centralidade, hierarquia e redes urbanas. Conjuntos urbanos complexos: áreas metropolitanas e conurbação. Valor e renda da terra. Meio ambiente e qualidade de vida no meio urbano. Paisagens, usos do solo e culturas urbanas.

Créditos: 4

O relevo brasileiro: os grandes conjuntos geomorfológicos brasileiro. Influências das oscilações climáticas no quaternário. O modelado do Estado de São Paulo: compartimentos geomorfológicos paulistas.

Créditos: 4

Introdução ao SIG. Dados geográficos: classes, aquisição e modelagem. Estruturas de representação da informação geográfica. Relações topológicas. Elementos essenciais de um SIG. Funcionalidades de um SIG. Principais áreas de aplicação. Uso de software SIG.

Créditos: 6

Articulação de conhecimentos teóricos e práticos com vista à apropriação educativa da cartografia e das linguagens contemporâneas para o ensino de geografia. Aproximação de práticas escolares e culturais na produção de saberes e conhecimentos geográficos.

Créditos: 6

Produção e consumo da e na Cidade. A metropolização e as redes de relações. Problemáticas urbanas: uso do solo, segregação especial e problemas ambientais da urbanização.

Créditos: 4

Retrospectiva histórica da agricultura brasileira. Relações sociais na agricultura. Modernização da agricultura no Brasil. Caracterização da produção agrícola e agroindustrial: fatores de produção, estrutura agrária. Comercialização e abastecimento. Desenvolvimento agrícola e agroindustrial.

Créditos: 4

Levantamento de fontes de dados, técnicas, métodos de pesquisa e/ou de elaboração de materiais gráfico e cartográfico sobre o espaço geográfico e/ou educação em geografia, podendo ter como parâmetro um estudo de caso; elaboração de um projeto de pesquisa.

Créditos: 4

Geografia Política. Organizações Internacionais e Regionais. Os blocos econômicos e os mercados comuns. Conflitos contemporâneos: etnias, religiões, recursos naturais e tecnológicos na disputa do poder político e econômico.

Créditos: 4

Conceituação, classificação, ocupação e gestão das bacias hidrográficas. Organização regional: a bacia hidrográfica como instrumento de análise regional e dado natural. A ocupação e os poderes público e privado e a organização social. Recursos hídricos: a relatividade da escassez e da abundância diante da tecnologia, da urbanização e da industrialização.

Créditos: 4

O território como unidade condicionante do planejamento econômico. O planejamento como instrumento de ação política. O papel do estado (Federal, Estadual, Municipal) e das empresas no planejamento do território. A regionalização como instrumento de ação do planejamento. A organização do território impondo-se às ações de planejamento econômico no atual período técnico-científico e informacional. As noções de progresso, desenvolvimento e competitividade como norteadoras do processo de planejamento capitalista. O desenvolvimento geograficamente desigual e os paradoxos do planejamento territorial. Esta disciplina prevê a realização de trabalho de campo.

Créditos: 4

Enfoque de práticas, a partir da análise e reflexão dos conteúdos propriamente geográficos representativos para os ensinos médio e fundamental; Análise e reflexão sobre o exercício e as práticas da ação administrativa, docente e de supervisão em escolas ou outras instituições; acompanhamento de atividades e/ou instituições educativas e pedagógicas em escolas ou outras instituições.

Créditos: 6

Utilização de métodos e técnicas de pesquisa em geografia e/ou educação em geografia: documentação indireta (dados, documentos, mapas, cartas, imagens), documentação direta (pesquisa de campo, observação, medição, entrevista, questionários fechados e abertos) e outras metodologias, tendo por objetivo a realização de uma dentre quatro categorias de pesquisa: 1) trabalhos teórico-empíricos e/ou síntese bibliográfica de temas afeitos à pesquisa geográfica e/ou educação em geografia (tipo monografia); 2) mapeamentos e suas interpretações e relatórios; 3) relatório final de iniciação científica; 4) relatório final de estágio profissional supervisionado.

Créditos: 8

Enfoque continuado a partir do percurso iniciado em práticas, a partir da análise e reflexão dos conteúdos propriamente geográficos representativos para os ensinos médio e fundamental; Análise e reflexão e avaliação sobre o exercício e as práticas da ação administrativa, docente e de supervisão escolar, acompanhamento, participação e avaliação do cotidiano de instituições que fundam-se sobre práticas educativas, escolares e de orientação pedagógica.

Créditos: 8

A formação científico-cultural objetiva aprofundar conhecimentos relativos a áreas relacionadas ao trabalho pedagógico na educação, tendo especial atenção com a ampliação e enriquecimento geral incluindo experiências extra-curriculares diversificadas que propiciem acesso, conhecimento e familiaridade com linguagens culturais, artísticas, corporais e científicas, indispensáveis para o trabalho em sala de aula.

Créditos: 7

A formação científico-cultural objetiva aprofundar conhecimentos relativos a áreas relacionadas ao trabalho pedagógico na educação, tendo especial atenção com a ampliação e enriquecimento geral incluindo experiências extra-curriculares diversificadas que propiciem acesso, conhecimento e familiaridade com linguagens culturais, artísticas, corporais e científicas, indispensáveis para o trabalho em sala de aula.

Créditos: 7

Refletir sobre contaminação planetária da pandemia do COVID-19; criar consciência humanitária frente às grandes questões colocadas por pandemias e catástrofes; compreender a gênese e a atualidade das epidemias e pandemias; discutir sobre os isolamentos físico e social, já que os dois termos têm significados distintos; geograficamente analisar a difusão/organização sócio/espacial decorrente da pandemia; regressão histórica socioambiental para a compreensão dos impactos de situações epidemiológicas em contextos históricos, geográficos e geológicos produzidas por pandemias em especial o COVID-19.

Créditos: 4

Propostas de ensino de conteúdos de Geociências para as disciplinas de Ciências, Biologia e Geografia no ensino Fundamental e Médio. Adequação e inadequação de conteúdos ensinados e de métodos e técnicas aplicados noensino de Geociências para esses níveis de escolaridade. Planejamento, elaboração, aplicação e avaliação de atividades voltadas ao ensino de Geociências.

Créditos: 4

A disciplina pretende fornecer uma ideia integrada das transformações terrestres e do entendimento sistêmico da Terra. Trata das esferas materiais terrestres e das suas inter-relações: atmosfera, hidrosfera, crosta terrestre, manto, núcleo, biosfera e noosfera. Inclui tempo geológico. A disciplina abrange a natureza do conhecimento e os processos geológicos.

Créditos: 2

Abrange a natureza do conhecimento geológico e o estudo do processo histórico-geológico. Investiga o desenvolvimento das esferas terrestres (atmosfera, hidrosfera, biosfera, noosfera, litosfera, manto e núcleo) sob o ponto de vista do tempo geológico. Inclui estudos da interação de processos terrestres e seu entendimento ao longo do passado da terra. Envolve atividades de campos para reconhecimento de processos geológicos.

Créditos: 4

Conceitos básicos de geologia. Estrutura e composição da Terra. Tectônica de placas. Rochas e minerais. Processos desenvolvidos nas interfaces do Sistema Terra (geosfera, atmosfera, hidrosfera, biosfera e antroposfera) ao longo do tempo. Circulação atmosférica e clima. Noções de geologia estrutural e de engenharia. Mapas e representação gráfica de processos. Materiais terrestre como fonte de matéria-prima na construção civil. Geologia do Brasil e de São Paulo.

Créditos: 5

Introduzir o aluno no conhecimento e estudo dos fósseis. Noções básicas de reconhecimento dos principais filos de invertebrados, vertebrados e vegetais encontrados no registro a nível mundial e no Brasil, que auxiliam tanto na interpretação da idade quanto nos aspectos do meio abiótico (paleoecologia, paleoclimatologia, etc.) e acerca da evolução da vida no planeta. Fornecer bases para estudos micropaleontológicos e bioestratigráficos, além de treinar os alunos na coleta e interpretação dos fósseis no campo.

Créditos: 4

Geoquímica de crosta terrestre; revisão de cristaloquímica, sistemas cristalinos e simetria; tipos de estruturas cristalinas, cálculo de sítios de ocupação; propriedades e identificação macroscópica de minerais; identificação de minerais por difratometria de raio-X; processos de formação de rochas e físico-química da cristalização magmática; identificação macroscópica das rochas; usos dos minerais na indústria; dinâmica do planeta: interior da terra e tectônica de placas.

Créditos: 4

A disciplina visa contribuir para a formação básica dos alunos de graduação dos vários cursos da Unicamp, através da análise das implicações sociais e políticas do desenvolvimento tecnológico nas sociedades contemporâneas, bem como seus determinantes econômicos gerais, com ênfase nas especificidades estruturais do Brasil.

Créditos: 3