Grupo de Pesquisa em Educação Aplicada às Geociências

As repercussões do trabalho desenvolvido pelo grupo são de natureza variada: - criação do mestrado e doutorado no Programa de Ensino e História de Ciências da Terra com mais 40 dissertações e 10 teses defendidas; - realização de 6 cursos de pós-graduação lato sensu para professores que ministram disciplinas de Geociências no nível superior; - organização consolidada de mais de uma década de cursos de extensão e aperfeiçoamento para professores do ensino fundamental e médio em temas de Geociências; - participação em congressos internacionais, nacionais e regionais de educação, ensino de ciências e ensino de Geociências; - publicação em revistas internacionais e nacionais; - projetos em andamento sobre Geociências e a formação continuada de professores do ensino fundamental, com apoio da FAPESP, CNPq, CAPES e do Programa Petrobrás Ambiental, que apresentam como linha e objetivos de pesquisa enfocar as Geociências no ensino fundamental e médio, principalmente, voltados para 5ª à 8ª série.

Líder(es) do grupo

Roberto Greco

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1270812284326486

Interdisciplinaridade e Ciência do Sistema Terra como Eixos para o Ensino Básico

O Grupo de Pesquisas contribui para o desenvolvimento de metodologias para formação de professores na área de Geociências. Acha-se apoiado em projetos financiados por distintas agências de fomento à pesquisa. Persegue o eixo de pesquisa em torno do ensino e aprendizagem de dinâmicas sistêmicas associadas ao tempo geológico para estudar o planeta de forma integrada. Dessa forma, dedica-se ao Ensino de Geociências, Currículo e Formação de professores.

Líder(es) do grupo

Pedro Wagner Gonçalves, Natalina Aparecida Laguna Sicca

Departamento

DGRN

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6760665436820447

Recursos Hídricos Subterrâneos e Gestão em Bacias Hidrográficas

Essa grupo de pesquisa visa entender de modo integrado o ciclo hidrológico e o papel da água subterrânea dentro deste contexto maior. Para isso, definiu-se duas linhas de pesquisas principais: o estudo das condições de ocorrência das águas subterrâneas e sua interação dentro do ciclo hidrológico, a interferência das atividades humanas na qualidade e quantidade do recurso. A outra linha de pesquisa, a gestão da água em bacias hidrográficas visa o conhecimento da dinâmica da água, as interferências humanas nessa dinâmica e definição de critérios e modelos de gestão do Recurso Água, nas bacias hidrográficas. Acredita-se que essas linhas sejam complementares, onde metodologias de abordagem de estudos sejam adaptadas e desenvolvidas visando principalmente buscar respostas no que se refere a gestão racional das águas superficiais e especificamente das águas subterrâneas, dentro de um modelo de desenvolvimento sustentável.

Líder(es) do grupo

Sueli Yoshinaga Pereira

Departamento

DGRN

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2003215008789036

Geotecnologias

O foco de pesquisa do grupo abrange os métodos de extração de informações geológicas a partir de imagens de satélite, dados aerogeofísicos e geoquímicos, bem como metodologias de análise espacial integrada desses dados utilizando sistemas de informações geográficos (SIG). São desenvolvidas e aplicadas técnicas de processamento de informações georreferenciadas, tais como processamento digital de imagens, geoestatística e sistemas especialistas. Os benefícios desse trabalho se refletem particularmente na indústria mineral e de petróleo/gás, mais especificamente na área de exploração (busca de novas jazidas desses bens minerais). Os resultados obtidos pelos pesquisadores do grupo, em conjunto com alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado), têm beneficiado as indústrias mineral e petrolífera, com as quais os membros do grupo mantêm forte interação.

Líder(es) do grupo

Alvaro Penteado Crósta, Carlos Roberto de Souza Filho

Departamento

DGRN

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6616388628263500

Evolução Crustal e Metalogênese

O grupo dedica-se a reconstituir a evolução geológica do território brasileiro e áreas adjacentes, nas escalas regional e local, com o objetivo de entender os fatores que controlam a formação de depósitos minerais e com isto estabelecer modelos genéticos que podem subsidiar a exploração mineral. O grupo utiliza todos os métodos e ferramentas geológicas (geocronologia, petrologia, geoquímica, geoquímica isotópica, inclusões fluídas, geologia estrutural, estratigrafia, sedimentologia, geofísica, sensoriamento remoto) necessários para a compreensão da evolução geotectônica, com interesse especial nos controles geológicos que determinam a situação, localização e valor econômico de recursos naturais. Os trabalhos de pesquisa concentram-se especialmente nas regiões com reconhecido potencial metalogenético do território brasileiro, como a Província Mineral de Carajás (Pará), o Quadrilátero Ferrífero (Minas Gerais), a Província Aurífera de Alta Floresta (Mato Grosso) e a região nordeste.

Líder(es) do grupo

Elson Paiva de Oliveira, Roberto Perez Xavier

Departamento

DGRN

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2411321466330194

Análise Ambiental e Dinâmica Territorial

Abordagem sistêmica aplicada à análise dos componentes naturais da paisagem e de transformações decorrentes do uso e ocupação das terras. Sistemas de informação geográfica.

Líder(es) do grupo

Archimedes Perez Filho

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9641870275815227

Análise de Bacias Sedimentares

Este Grupo aplica a sedimentologia, a paleontologia e a paleopedologia como meios para a caracterização das rochas sedimentares e do próprio conteúdo. Os alvos principais são:

  1. Definição de modelos geométricos das rochas sedimentares.
  2. A evolução dos processos deposicionais e paleopedogenéticos e a definição dos fatores de controle.
  3. Os estudos tafonômico de restos vegetais.
  4. A evolução da vegetação fanerozóica na América do Sul.

Como a maioria dos recursos não renováveis da terra é contida nas rochas sedimentares, seja eles de origem primária que secundária, é de extrema importância o conhecimento da posição espacial das rochas sedimentares e os fatores que controlam a própria formação. A parte do grupo que se ocupa de sedimentologia está atualmente trabalhando em modelos geométricos e sequenciais de rochas sedimentares originadas em (1) sistemas de plataforma clástica e (2) sistemas desérticos antigos e recentes, e (3) na simulação física de fluxos deposicionais gravitacionais em tanque. O parte do grupo que se ocupa de paleontologia se ocupa de (1) estudos tafonômico de fitomacrorestos em sistemas deposicionais continentais atuais e do (2) desenvolvimento de novas metodologias de análises paleofitogeográficas. O objetivo é obter uma melhor compreensão de novas formas de análises do registro fossilífero que possam auxiliar no conhecimento da evolução da vida sobre o planeta Terra.

 

Líder(es) do grupo

Giorgio Basilici, Fresia Soledad Ricardi Torres Branco

Departamento

DGRN

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1281274391035426

Geotecnologias Aplicadas à Gestão do Território

O trabalho desenvolvido pelo grupo está direcionado para o desenvolvimento de pesquisas de cunho teórico e prático visando a aplicação de geotecnologias (Cartografia Digital, Sensoriamento Remoto, Sistema Global de Navegação por Satélites - GNSS, Sistemas de Informação Geográfica - SIG) nas diversas atividades compreendidas pela gestão do território. Ao longo dos anos vem contribuindo na formação de recursos humanos graduados e pós-graduados, fornecendo subsídios para políticas públicas, produzindo diversos resultados na forma de relatórios, trabalhos de conclusão de curso de graduação, dissertações de mestrado e teses de doutorado e formulando novos conhecimentos no âmbito da ciência geográfica.

Líder(es) do grupo

Lindon Fonseca Matias

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2645214180216910

Logística, agricultura e uso do território brasileiro

As atividades do grupo estão pautadas nas seguintes linhas de pesquisa: Logística de produtos agrícolas no território brasileiro, Regulação dos sistemas de transportes e energia elétrica no Brasil e Tecnologias da informação e território brasileiro.

Líder(es) do grupo

Ricardo Abid Castillo, Ricardo Mendes Antas Junior

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1936393926920334

Solos, Paleossolos e Dinâmica da Paisagem

O grupo trabalha em 3 áreas principais tendo como eixo central a pedogênese e processos de intemperismo: 1. pedogênese de solos atuais e suas relações com as formas de relevo e sítios arqueológicos; 2. paleossolos quaternários e pré-quaternários; 3. paleosuperfícies e sua associação com solos e perfis de alteração, procurando compreender a evolução da paisagem geomorfológica de longa duração. No momento o grupo possui trabalhos na Argentina, Paraguai e Brasil (Piauí, Bahia, Tocantins, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Paraná).

Líder(es) do grupo

Francisco Sérgio Bernardes Ladeira

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1848330788301648

A dinâmica das paisagens em ambientes costeiros

O objetivo dos trabalhos vinculados a este grupo de pesquisa, referem-se a investigação e análise dos processos morfogenéticos que regem a organização da paisagem no ambiente costeiro, considerando ainda os impactos relacionados ao uso e ocupação antrópica destes ambientes.

Líder(es) do grupo

Regina Célia de Oliveira, Cenira Maria Lupinacci

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/8520992655253342

Geografia das Relações Internacionais: Estado, Economia, Território e Integração Regional

O grupo pretende com suas pesquisas abordar fenômenos geoeconômicos e geopolíticos na América Latina, tendo as escalas do Estado-nação e a escala supranacional (que integra os países do subcontinente)como referência. Tomando a formação territorial como categoria analítica, pretende-se contribuir na discussão sobre soberania e capacidade regulatória dos países latino-americanos. Os objetivos principais são: contribuir na discussão sobre as principais transformações no papel do Estado e nas atividades econômicas, seu rebatimento no território e suas consequências sociais; objetiva-se também discutir os diversos processos de integração em curso no subcontinente, observando os principais atores (governos, empresas, sociedade civil, organizações internacionais), com suas alianças, jogos de interesses e conflitos, para além das formas de cooperação. As pesquisas enfatizam também estudos sobre a infraestrutura produtiva; segurança e defesa, desenvolvimento econômico e recursos naturais.

Líder(es) do grupo

Claudete de Castro Silva Vitte, Eloi Martins Senhoras

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9426763292097925

Geografia: Epistemologia, História e Ambiente

O grupo de pesquisa intitulado Geografia: Epistemologia, História e Ambiente é formado por geógrafos e demais cientistas sociais que apresentem preocupação com a questão do espaço geográfico e suas representações, segundo a assertiva de que o espaço geográfico pode ser problematizado de várias formas e maneiras e independente da linha de formação ou especulação. Assim, este grupo espera problematizar as questões relativas à história e à epistemologia da geografia e à questão ambiental, a partir de um diálogo entre a geografia e as ciências humanas e as Ciências da Terra. Como eixo de discussão o grupo procura abordar a questão da formação da episteme geográfica a partir do recorte da natureza e como a mesma foi incorporada e transformada no debate geográfico e no contexto da formação filosófica da geografia e das ciências humanas. O desdobramento imediato deste debate é a questão da empiricização e das discussões teóricas, metodológicas e das modelagens na geografia física. Dentro deste contexto, procuramos especificar o debate tomando como referência a geomorfologia. Assim, estão sendo produzidos trabalhos, colóquios e seminários que procuram problematizar e inserir a questão da natureza na geografia e a geografia física dentro do debate filosófico, epistemológico, metodológico e até mesmo literário avaliando o desdobramento do mesmo em termos de constituição da estrutura geográfica e seus desdobramentos no ambiente e no ensino de geografia.

Líder(es) do grupo

Antonio Carlos Vitte, Kalina Salaib Springer

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/0034958736024258

Geomorfologia: Etchplanação Dinâmica e Fragilidade Ambiental

Este grupo de pesquisa procura trabalhar as questões relativas à dinâmica geomorfológica nas regiões tropicais quentes e úmidas, a partir do conceito de etchplanação dinâmica. A partir de uma profunda interlocução entre a morfotectônica e a geoquímica procuramos definir os tipos e padrões de gênese, evolução e dinâmica do relevo considerando a evolução geoquímica e pedogenética das coberturas pedológicas e seu impacto na definição dos tipos de relevo. Outra pesquisa desenvolvida diz respeito a questão da fragilidade ambiental no território brasileiro, principalmente a fragilidade associada ao processo de urbanização e metropolização.

Líder(es) do grupo

Antonio Carlos Vitte, Francisco Sergio Bernardes Ladeira

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7108574242655989

Produção do espaço, planejamento e gestão na escala metropolitana e urbana

O grupo de pesquisa pretende contribuir na discussão sobre a produção do espaço urbano e metropolitano no Brasil e na América Latina, considerando que as sociedades para se reproduzirem criam formas que resultam de um dado ordenamento sociopolítico praticado por grupos sociais que respondem a uma sociabilidade vigente e uma dada regulação e gestão do uso do espaço e dos recursos nele contidos. Buscando a historicidade dos processos singulares ocorridos nos lugares, pretende-se identificar os agentes dos processos e os sujeitos da produção do espaço que resultam em diferentes usos do solo, formas de ocupação e práticas de gestão.

Líder(es) do grupo

Claudete de Castro Silva Vitte, Julio Cesar Suzuki

Departamento

DGEO

Ano de formação

Diretório dos Grupos de Pesquisa LATTES:
http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1261491963083364