PPG

Apoiando-se nos conteúdos explorados pelas demais linhas, e a partir de um enfoque que possui como eixo a Analise de Política, busca avaliar criticamente os modelos cognitivos, as concepções de Tecnociência, a atuação no processo decisório e as estratégias de construção de poder dos atores – Estado, comunidade de pesquisa, empresas, sindicatos, movimentos sociais – envolvidos com as políticas de C&T. A partir de um enfoque comparativo entre os países de capitalismo maduro e os periféricos, esta área visa à formulação de políticas de inovação adequadas aos processos de consolidação democrática na Ibero-américa. Adicionalmente, visa à identificação de conteúdos necessários para a formação de profissionais de C&T capazes de alavancá-los.