Linhas de Pesquisa

Tem como finalidade o estudo dos aspectos que controlam a história geológica do preenchimento de uma bacia sedimentar. Os objetivos específicos desta linha são:

  1. aplicação dos conceitos sedimentológicos e estratigráficos na reconstrução geométrica dos corpos sedimentares,
  2. análise seqüencial das sucessões sedimentares,
  3. reconstrução dos mecanismos geotectônicos de gênese e evolução da bacia,
  4. bioestratigrafia e análise taxonômica e tafonômica,
  5. paleoecologia,
  6. análise geofísica e sensoriamento remoto das estruturas tectônicas e sedimentares,
  7. avaliação da incerteza dos recursos econômicos nas bacias sedimentares,
  8. estudo de proveniência das fontes terrígenas mediante análises petrográficas e razões isotópicas em grãos detríticos de minerais pesados,
  9. análise dos processos diagenéticos.
Área de Concentração: Geologia e Recursos Naturais

Esta linha de pesquisa trabalha predominantemente com abordagens teóricas e instrumentais concebidas para o estudo da organização econômica e produtiva da tecnologia e da inovação. Enfoca, tanto no setor privado quanto no setor público, estudos sobre os processos de produção e difusão da inovação em suas várias vertentes (produto, processo, serviços, organizacionais).

Área de Concentração: Política Científica e Tecnológica

Novos conteúdos do espaço geográfico x novas técnicas de informação territorial e redes telemáticas. Consequência epistemológica e empírica das relações, com ênfase na escala global e local.

Área de Concentração: Análise Ambiental e Dinâmica Territorial

Aplicação de métodos e técnicas voltadas para modelagem e avaliação econômica de bens minerais (métodos clássicos de valoração baseados no fluxo de caixa descontado, Teoria das Opções Reais, Análise Contingente, etc..). Nesta linha de pesquisa, o recurso natural com ênfase nos bens minerais é tratado como um ativo (commodity), utilizando técnicas quantitativas e gerenciais dos processos decisórios de investimentos, modelagem das incertezas e de previsão do comportamento dos mercados. Estas técnicas também se aplicam à quantificação do risco geológico, avaliação do potencial econômico dos bens minerais, análise da demanda e da oferta mineral, modelagem de preços, entre outras. Estas ferramentas vêm também sendo utilizadas na área de meio ambiente (títulos ambientais, sistemas dinâmicos, seqüestro de CO2, etc...). Outra área de interesse é a regulação, principalmente na área de petróleo para atender as mudanças recentes introduzidas no Brasil.

Área de Concentração: Geologia e Recursos Naturais

Páginas