Análise de Bacias Sedimentares

Este Grupo aplica a sedimentologia, a paleontologia e a paleopedologia como meios para a caracterização das rochas sedimentares e do próprio conteúdo. Os alvos principais são:

  1. Definição de modelos geométricos das rochas sedimentares.
  2. A evolução dos processos deposicionais e paleopedogenéticos e a definição dos fatores de controle.
  3. Os estudos tafonômico de restos vegetais.
  4. A evolução da vegetação fanerozóica na América do Sul.

Como a maioria dos recursos não renováveis da terra é contida nas rochas sedimentares, seja eles de origem primária que secundária, é de extrema importância o conhecimento da posição espacial das rochas sedimentares e os fatores que controlam a própria formação. A parte do grupo que se ocupa de sedimentologia está atualmente trabalhando em modelos geométricos e sequenciais de rochas sedimentares originadas em (1) sistemas de plataforma clástica e (2) sistemas desérticos antigos e recentes, e (3) na simulação física de fluxos deposicionais gravitacionais em tanque. O parte do grupo que se ocupa de paleontologia se ocupa de (1) estudos tafonômico de fitomacrorestos em sistemas deposicionais continentais atuais e do (2) desenvolvimento de novas metodologias de análises paleofitogeográficas. O objetivo é obter uma melhor compreensão de novas formas de análises do registro fossilífero que possam auxiliar no conhecimento da evolução da vida sobre o planeta Terra.

Líder: 
Giorgio Basilici
Fresia Soledad Ricardi Torres Branco
Ano de Formação: 
2004
Áreas Predominantes: 
Ciências Exatas e da Terra
Geociências